Angiologia e o que ela trata

angiologia-7588

A angiologia é uma especialidade médica que estuda o coração, os vasos sanguíneos (veias e artérias) e linfáticos. A cirurgia vascular é sua irmã, já que até 2005, no Brasil, as duas especialidades eram uma só, “Angiologia e Cirurgia Vascular”. A cirurgia vascular lida com os procedimentos cirúrgicos da área. A atuação de um angiologista é bastante ampla, conheça os principais males que ele pode tratar:

Aneurismas: é uma dilatação arterial que pode ocorrer em qualquer lugar do corpo. Seu maior risco é o rompimento ou a formação de uma Trombose. Em ambos os casos há risco de isquemia (interrupção no fluxo sanguíneo para alguma área específica do corpo). O local mais grave em que pode ocorrer o aneurisma é no cérebro. O Aneurisma Cerebral, pode provocar desde dores de cabeça até AVCs (Acidente Vascular Cerebral ou derrame).

Arteriosclerose: é um endurecimento e espessamento das artérias. É mais comum em homens de idade mais avançada. Seu risco é a elevação da pressão sanguínea.

Cirurgia Endovascular: é uma subespecialidade da cirurgia vascular utilizada no tratamento de doenças no sistema circulatório, usando cateteres e guias monitorados por computador.

Insuficiência Vascular Cerebral: são os problemas circulatórios no cérebro, os maiores causadores dos AVCs, Acidente Vascular Cerebral.

Traumas Vasculares: é a destruição de partes do sistema circulatório, que normalmente ocorre, por exemplo, em acidentes de carro. Muitos casos exigem cirurgia para a reconstrução do tecido.

Trombose: é uma doença que provoca a formação de trombos, mais conhecidos por coágulos, no interior de vasos sanguíneos profundos na perna. Um dos seus maiores riscos é a embolia pulmonar, que ocorre quando um pedaço do trombo é solto e levado pela circulação até o pulmão.

Varizes: são veias superficiais anormais, dilatadas. Sua maior ocorrência é nas mulheres. As principais consequências delas são dores, inchaço, além do trauma psicológico.

Orientações para o tratamento de varizes

O tratamento para varizes, como em qualquer outro problema de saúde, consiste numa melhora dos hábitos do paciente. O primeiro passo é fugir do sedentarismo. Fazer longas caminhadas e frequentes, especialmente se vestindo a meia-elástica.

cafe-atividade-fisica

A meia-elástica é uma recomendação médica comum. Mas o seu uso e a escolha do modelo apropriado devem ser recomendados por um angiologista. Ela deve ser vestida pela manhã, antes de levantar da cama e só ser retirada em caso de desconforto.

A atenção à postura deve ser constante: evite longos períodos em pé ou sentado, caso isso seja necessário, faça pequenas pausas para rápidas caminhadas. Durante o dia, sempre que possível, procure erguer as pernas acima do corpo, lembrando que os joelhos completamente esticados ou dobrados causam dificuldade de circulação.

On a diet

Outro cuidado é o de manter o olho na balança. Manter o peso ideal reduz as chances do aparecimento de varizes e de complicações para quem já possui a doença. Causa de diversos males e complicador do quadro de varizes, o cigarro deve ser evitado.

Evite carregar pesos acima da capacidade física ao seu peso. Isso aumenta repentinamente a pressão arterial, o que pode agravar o quadro de varizes. Diariamente, procure usar calçados confortáveis e ao dormir, se não tiver problemas de gastrite ou refluxo, deixe os pés elevados uns 15 cm.

Ao final do dia, observe se há inchaço nas pernas. Se houver, existe a necessidade de uma consulta médica. Se ocorrer vermelhidão, dor ou feridas vá imediatamente ao seu angiologista.

Varizes: mulheres e sedentários são alvos potenciais

download

Cerca de 30% da população geral apresenta algum grau de varizes e a cada cinco indivíduos, pelo menos um deles sofre dessa mesma doença. São dados resultantes das pesquisas da Organização Mundial de Saúde, a OMS. Outros estudos realizados na área médica observaram que a freqüência de varizes nos indivíduos do sexo feminino é quatro vezes maior que nos do sexo masculino e a probabilidade de seu surgimento aumenta proporcionalmente à idade.

As varizes interferem prejudicialmente na saúde física e estética e devido à sua grande incidência é fundamental pensarmos nas ações e medidas preventivas que possam evitar o seu aparecimento e no esclarecimento sobre os tratamentos adequados quando elas já estiverem presentes.

download (1)

Para as mulheres, as pílulas anticoncepcionais, a gravidez e as terapias de reposição hormonal são consideradas os maiores fatores de risco. No entanto, mesmo estando em desvantagem em relação às estatísticas, as mulheres ganham a vaidade como um aliado positivo para estagnar o quadro evolutivo da doença. Em contrapartida, muitos homens tratam o problema com descaso e tornam os casos de varizes ainda mais graves. No caso deles, as causas mais comuns são o sedentarismo e a postura no trabalho (longos períodos em pé ou sentado).

Os principais sintomas das varizes são edemas no tornozelo, como manchas ou dilatação das veias, dor na sola dos pés e sensação de desconforto, peso, queimação ou falta de firmeza nas pernas. A prática de exercícios físicos, principalmente a caminhada, ciclismo, hidroginástica e a natação, é altamente recomendada na ativação da musculatura e na prevenção da sobrecarga do sistema vascular.

Os perigos da Aterosclerose

download

A aterosclerose é uma doença do sistema vascular que causa a formação de ateromas nos vasos sanguíneos (veias e artérias) de uma pessoa. Os ateromas são placas que aderem à parede deles, formadas por lipídios (gordura) e tecido fibroso (nervos e tendões).

As consequências mais graves deste mal são as obstruções na circulação do sangue que elas podem ocasionar, devido ao tamanho dos ateromas. Quando esta má circulação ocorre nas artérias que irrigam o coração, ocorre o infarto que pode ser fatal. Se o bloqueio ocorrer no cérebro, o paciente pode sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral), conhecido popularmente por derrame, que em muitos casos é também letal ou, conduz a eventuais sequelas (como perdas de movimento em membros, dependendo da região do cérebro afetada).

O surgimento da doença ocorre devido ao acúmulo das lipoproteínas de baixa densidade (LDL, sigla em inglês), que são absorvidas pelas células da parede do vaso sanguíneo. Por isso, cardiologistas exaltam a importância do monitoramento dos níveis de colesterol LDL, as gorduras de baixa densidade, facilmente acumuladas nas paredes vasculares.

Com o crescimento destas placas, o organismo as envolve e temos a formação do tecido fibroso, que impede a circulação do sangue. Outras consequências deste mal são tromboses, úlceras e necrose (morte) das células do local.

As doenças cardíacas são responsáveis por quase um terço das mortes no mundo e, na vasta maioria dos casos, os pacientes apresentam uma evolução no quadro de aterosclerose. Portanto, isto ressalta a importância do constante monitoramento nos níveis de colesterol LDL através de consultas frequentes a cardiologistas e a observação de uma dieta alimentar com baixos níveis de gordura.

Trombose X uso do computador

esteja-sempre-antecipado-4

Ficar muito tempo trabalhando no computador pode causar alguns problemas ao usuário, como tendinites e LER. Recentemente, uma organização britânica de combate à trombose, chamada Lifeblood, alertou para outro risco: os problemas vasculares. A entidade apresentou o caso de um programador britânico que desenvolveu um coágulo no sangue, devido aos longos turnos de 12h, em que passava imóvel diante do micro. O caso evoluiu até uma embolia pulmonar, que ocorre quando um pedaço do coágulo se solta e através da circulação do sangue, chegou ao pulmão.

Como-trabalhar-em-casa-com-meu-computador-digitando-pela-internet

O problema foi batizado de “e-trombose”. A trombose geralmente ocorre em pessoas que tenham uma predisposição genética. Apesar disto, qualquer um que fique regularmente muito tempo numa mesma posição, pois isto dificulta a circulação do sangue, ocasionando os coágulos e, consequentemente, a trombose.

Para combater evitar este quadro, são aconselhadas práticas simples, mas bastante eficazes. Os médicos sugerem que estes profissionais ou estudantes que ficam muitas horas diante do computador bebam muita água ao longo do dia, façam pequenos intervalos para caminhar e, movimentem os pés diversas vezes, durante o trabalho.

trabalhar-em-casa

Além disto, é importante prestar atenção na postura. Os pés devem estar bem apoiados no chão e os joelhos dobrados em um ângulo de 90º. As costas e os cotovelos devem estar sempre apoiados. Para isso, é importante ter cadeiras e mesas apropriadas.

O amor faz bem à saúde

Loving Couple And Sunset HD  Wallpaper-1440x900-bestlovehdwallpapers.blogspot.com

O amor está no ar e temos uma ótima dica para a sua saúde. Nada de investir apenas em cremes, dietas, terapias. O segredo da felicidade está mais perto: no chamego do marido, no beijo do filho, na companhia dos amigos, no frio na barriga ao encontrar com o namorado.

Ah, o amor! Veja os benefícios de amar alguém!

Ter um amor correspondido deixa a pessoa:

  • Mais bonita. Estudos mostram que a pessoa fica mais bonita ao lado do amado do que longe dele.
  • Mais motivada.
  • Cheia de energia.
  • Com objetivos na vida.
  • Calma, relaxada e otimista.
  • Faz bem ao coração e ao corpo

A pessoa que ama tem mais autoestima e:

  • Cuida mais de si mesma.
  • Pratica exercícios físicos, com isso evita doenças cardiovasculares.
  • Se preocupa com a saúde, vai ao médico regularmente.
  • Tem motivação para continuar na dieta.
  • Tem mais disposição para sair, passear, namorar.
  • Pensa na aparência, cuida do cabelo, usa maquiagem.

E amar não apenas o namorado, o marido! Amar a todos e, principalmente, a si mesmo!

Vamos sorrir para a vida sorrir de volta!

Se livre das gordurinhas do feriado

Feriado é a oportunidade que temos de relaxar, acordar um pouco mais tarde, encontrar com amigos, viajar, sair da rotina atribulada do dia-a-dia, entre outras coisas. Na maior parte das vezes a comida faz parte disso tudo: churrasco, cerveja, petiscos, e você acaba não resistindo, cai em “tentação” e se esquece da dieta.

O arrependimento vem só depois que a vida volta ao normal. Mas não adianta nada se desesperar, achar que tudo está perdido, ficar em jejum ou tentar essas dietas milagrosas de desintoxicação: essas atitudes só vão te prejudicar ainda mais. O segredo, mais uma vez, é a moderação.

Seguem aí algumas dicas:

  • Coma várias vezes ao dia, em pequenas quantidades. O fracionamento das refeições faz com que seu organismo “aproveite” melhor os nutrientes dos alimentos consumidos.
  • Procure consumir alimentos leves, de fácil digestão como: peixes, saladas, cereais integrais e, principalmente, frutas, verduras e legumes.

  emagrecer-comendo-bem

  • Diminua o consumo de doces em geral e de açúcar de adição, quando for tomar cafezinhos, chás, sucos e outros líquidos, utilize adoçante.
  • Troque o consumo de refrigerantes por sucos de frutas naturais. Os refrigerantes, apesar de muitos terem calorias reduzidas, não têm nutriente algum que seja benéfico para a saúde, além de conterem muito gás, o que acaba dificultando a digestão.

hidratacao-atividade-fisica

  • Não esqueça também de ingerir bastante líquido. Além da água, você pode beber um chá quentinho nos dias frios.
  • Evite o consumo de alimentos ricos em gordura como: alimentos industrializados, frituras, lanches do tipo fast-food, preparações gordurosas (feijoada, dobradinha, churrasco, doces muito elaborados). Estes alimentos além de serem altamente calóricos, são de difícil digestão e por possuírem muita gordura, favorecem o aumento de tecido adiposo e o aparecimento daquela barriguinha indesejável.
  • As sopas são uma ótima opção para um jantar leve e saudável.

atividades_fisicas

Além dos cuidados com a alimentação, a prática de atividade física também é essencial para se recuperar dos abusos cometidos. Aumente a frequência e o tempo que pratica exercício físico, sempre com a orientação adequada de um profissional. Dê preferência às atividades aeróbicas como: corrida, caminhada, bicicleta que “aceleram” o metabolismo e favorecem a queima de gordura e calorias.

Mas, não perca o embalo! Siga com essa rotina e, no próximo feriado, lembre-se que você pode se divertir e relaxar sem ganhar uns quilinhos a mais: basta fazer escolhas saudáveis.

Obesidade já é epidemia no Brasil

A obesidade é um dos fatores de risco das principais doenças vasculares e está diretamente associada às facilidades tecnológicas e ao sedentarismo da vida moderna. Essa doença crônica aumenta em 49% o risco do segundo enfarte do miocárdio nos obesos, chegando a 80% nos casos de obesidade mórbida.

Dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (2002-2003), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com o Ministério da Saúde, constataram um aumento progressivo da obesidade nas últimas três décadas. O país possui hoje cerca de 38,6 milhões de pessoas acima do peso recomendado, o que corresponde a 10,5 milhões de obesos na população adulta.360205139_orig

Na última década, a obesidade passou a ser considerada uma doença crônica pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Segundo ela, “a obesidade é uma doença crônica e complexa. É uma enfermidade multifatorial, influenciada por fatores genéticos, enzimáticos, endócrinos, familiares, dietéticos e psicológicos, que apresenta graves dimensões sociais e afeta praticamente todas as faixas etárias e grupos socioeconômicos”.

Os dados apontam para uma epidemia global da obesidade e as conseqüências dessa doença para os indivíduos é o aumento da freqüência de outras graves doenças, como hipertensão arterial, arteriosclerose, insuficiência cardíaca, altos níveis de gordura no sangue, diabetes melito, infarto do miocárdio, derrames, dentre outras.

A obesidade deve ser prevenida através de dieta alimentar equilibrada, atividade física regular e modo de vida saudável.

O que sente a pessoa com AVC

isquemia-cerebral

O Acidente Vascular Cerebral (AVC), conhecido popularmente por derrame, é provocado por um distúrbio na circulação sanguínea no cérebro. Isto acarreta em um déficit (diminuição das funções) neurológico que pode persistir por até 24h. Quando este déficit dura mais do que isso, ele, na maioria dos casos, provoca danos irreversíveis.

Existem dois tipos de AVC: o isquêmico e o hemorrágico. O primeiro é caracterizado por uma interrupção do fluxo sanguíneo em uma região específica do cérebro causando problemas somente nela. Já o segundo, provoca outras consequências como o aumento da pressão craniana (devido a maior quantidade de sangue no crânio) e edemas (inchaços) cerebrais, com consequências não somente em regiões específicas.

Os sintomas são vários, dependendo do tipo de AVC que a pessoa sofrer. Uma fraqueza aguda, dormência ou perda sensitiva em alguns dos membros, ou na face, é sinal de uma isquemia em uma região ou hemisfério do cérebro. Também é característica deste tipo de acidente a perda da fala, ou o falar com dificuldades, como a afasia. Quando o acidente é hemorrágico, além dos sintomas acima ocorrerem mais rápidos e agudos, podem ocorrer convulsões que levam o paciente ao coma.

Existem vários fatores de risco, que induzem à doença. O tabagismo, hipertensão, doença cardíaca, a diabete, a fibrilação atrial e qualquer outro mal que facilite a formação de coágulos no sangue.

A importância do exame clínico

download (1)

O exame clínico é parte indispensável do diagnóstico das principais doenças vasculares, podendo orientar as etapas seguintes de tratamento e os exames complementares até a obtenção dos resultados finais. Dados apontam que mais de 90% dos casos de doenças vasculares periféricas são possíveis de serem diagnosticadas clinicamente.

Na maioria dos casos, quanto mais cedo constatadas, maiores as chances de cura e tratamento das doenças. É o caso, por exemplo, da doença arterial oclusiva, responsável pela maior procura da consulta médica, na qual o exame físico e o histórico do paciente podem resultar em um diagnóstico seguro.

Um exame vascular geral, que sirva de indicador para o eventual grau de comprometimento arterial, pode ser obtido a partir da medida da pressão arterial, da avaliação de alguns fatores de risco – como o tabagismo e queixas de insuficiência arterial – e da dosagem do colesterol total.

Por isso, por menor que seja o sintoma, não deixe de procurar um médico!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 407 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: