Angiologia e o que ela trata

angiologia-7588

A angiologia é uma especialidade médica que estuda o coração, os vasos sanguíneos (veias e artérias) e linfáticos. A cirurgia vascular é sua irmã, já que até 2005, no Brasil, as duas especialidades eram uma só, “Angiologia e Cirurgia Vascular”. A cirurgia vascular lida com os procedimentos cirúrgicos da área. A atuação de um angiologista é bastante ampla, conheça os principais males que ele pode tratar:

Aneurismas: é uma dilatação arterial que pode ocorrer em qualquer lugar do corpo. Seu maior risco é o rompimento ou a formação de uma Trombose. Em ambos os casos há risco de isquemia (interrupção no fluxo sanguíneo para alguma área específica do corpo). O local mais grave em que pode ocorrer o aneurisma é no cérebro. O Aneurisma Cerebral, pode provocar desde dores de cabeça até AVCs (Acidente Vascular Cerebral ou derrame).

Arteriosclerose: é um endurecimento e espessamento das artérias. É mais comum em homens de idade mais avançada. Seu risco é a elevação da pressão sanguínea.

Cirurgia Endovascular: é uma subespecialidade da cirurgia vascular utilizada no tratamento de doenças no sistema circulatório, usando cateteres e guias monitorados por computador.

Insuficiência Vascular Cerebral: são os problemas circulatórios no cérebro, os maiores causadores dos AVCs, Acidente Vascular Cerebral.

Traumas Vasculares: é a destruição de partes do sistema circulatório, que normalmente ocorre, por exemplo, em acidentes de carro. Muitos casos exigem cirurgia para a reconstrução do tecido.

Trombose: é uma doença que provoca a formação de trombos, mais conhecidos por coágulos, no interior de vasos sanguíneos profundos na perna. Um dos seus maiores riscos é a embolia pulmonar, que ocorre quando um pedaço do trombo é solto e levado pela circulação até o pulmão.

Varizes: são veias superficiais anormais, dilatadas. Sua maior ocorrência é nas mulheres. As principais consequências delas são dores, inchaço, além do trauma psicológico.

Orientações para o tratamento de varizes

O tratamento para varizes, como em qualquer outro problema de saúde, consiste numa melhora dos hábitos do paciente. O primeiro passo é fugir do sedentarismo. Fazer longas caminhadas e frequentes, especialmente se vestindo a meia-elástica.

cafe-atividade-fisica

A meia-elástica é uma recomendação médica comum. Mas o seu uso e a escolha do modelo apropriado devem ser recomendados por um angiologista. Ela deve ser vestida pela manhã, antes de levantar da cama e só ser retirada em caso de desconforto.

A atenção à postura deve ser constante: evite longos períodos em pé ou sentado, caso isso seja necessário, faça pequenas pausas para rápidas caminhadas. Durante o dia, sempre que possível, procure erguer as pernas acima do corpo, lembrando que os joelhos completamente esticados ou dobrados causam dificuldade de circulação.

On a diet

Outro cuidado é o de manter o olho na balança. Manter o peso ideal reduz as chances do aparecimento de varizes e de complicações para quem já possui a doença. Causa de diversos males e complicador do quadro de varizes, o cigarro deve ser evitado.

Evite carregar pesos acima da capacidade física ao seu peso. Isso aumenta repentinamente a pressão arterial, o que pode agravar o quadro de varizes. Diariamente, procure usar calçados confortáveis e ao dormir, se não tiver problemas de gastrite ou refluxo, deixe os pés elevados uns 15 cm.

Ao final do dia, observe se há inchaço nas pernas. Se houver, existe a necessidade de uma consulta médica. Se ocorrer vermelhidão, dor ou feridas vá imediatamente ao seu angiologista.