7 hábitos para manter a saúde do coração

shutterstock_245172319

Se você já chegou ou passou dos 40 anos, já deve ter percebido que muitas mudanças ocorrem no organismo e que é preciso ter mais cuidado com a saúde. Quando falamos da saúde do coração, torna-se ainda mais necessário controlar os fatores de riscos e mudar alguns hábitos de vida e alimentares. A partir desta faixa etária aumentam as chances de desenvolvimento de problemas cardíacos, principalmente o infarto agudo do miocárdio. A boa notícia é que ainda dá tempo de salvar seu coração! Ao adotar algumas mudanças no estilo de vida e na rotina, é possível viver com mais qualidade nos próximos anos e manter seu coração saudável.

Tome nota!

  • Evite o cigarro: além de causar problemas respiratórios e oncológicos, o cigarro também é um dos responsáveis por potencializar os riscos de doenças no coração. Ao deixar de fumar, a pessoa reduz imediatamente pela metade o risco de morrer do coração e, em cinco anos, zera.
  • Diminua o peso: quando estamos acima do peso, o coração fica mais espesso e precisa de mais força para bombear o sangue. Além disso, o acúmulo de gorduras provoca a obstrução das artérias, o que dificulta a passagem do sangue. O sobrepeso também dificulta o controle do colesterol e da pressão arterial.
  • Pratique exercícios regularmente: a prática de atividades físicas melhora a saúde do coração e os vasos sanguíneos. Também ajuda na diminuição da glicose, risco de trombose e reduze a inflamação no sangue. O ideal é destinar cerca de 30 a 40 minutos por dia para a realização de atividades físicas, em ritmo moderado.
  • Controle pressão arterial: a hipertensão arterial é uma doença cardiovascular crônica que atinge principalmente vasos sanguíneos, coração, cérebro e rins. Consulte sempre o médico para medir a pressão sanguínea. Acima de 140 por 90 mmHg (ou 14/9) ela já pode ser considerada alta.
  • Evite estresse e tensão: nem sempre é fácil controlar as situações de nervosismo e tensão. Mas, quando esfriamos a cabeça, percebemos que ficar nervoso não resolve nenhum problema. Ao contrário, contribui para danificar o sistema nervoso.
  • Reduza o consumo do açúcar: evite alimentos com alto teor de açúcar refinado, como bolos e outros doces. Fique também atento ao conteúdo de açúcar das bebidas. O açúcar aumenta o índice de glicose no organismo.
  • Controle o colesterol: a alteração no nível do colesterol faz com se formem placas de gorduras nas artérias, o que pode provocar o endurecimento dos vasos (aterosclerose). Para mantê-lo sob controle é importante incluir na dieta o consumo de alimentos ricos em ácidos graxos e ômega 3, como castanhas e salmão, por exemplo, e também praticar exercícios físicos.

DICA: o corpo no formato ‘maçã’, ou seja, quando a gordura se deposita no meio do corpo, é mais prejudicial para a saúde do coração. Por isso, é importante controlar o tamanho da circunferência da cintura. Nas mulheres, esta medida não deve ultrapassar 80 cm e nos homens, 94 cm.

 

Anúncios